quinta-feira, 14 de agosto de 2008

PALAVRAS DE MARILYN MONROE
A minha cabeça vai estoirar.
Os comprimidos não fazem efeito.
Já não sei o texto. A tristeza afoga-me.
Não há ninguém com quem se possa falar.
Daqui a pouco tenho de sorrir.
Sorrir é uma das coisas que faço bem.
Consigo até sorrir com os olhos.
Poucas pessoas conseguem sorrir assim.

2 comentários:

Supermassive Black-Hole disse...

quer-me parecer que esta foto regista um lado da marilyn que as pessoas desconhecem na sua maioria. A marilyn deprimida que havia de se suicidar.
a sua historia com a psicanalise e a psiquiatria fez correr rios de tinta. Um artigo interessantíssimo no Y chamava-se "foi a psicanálise que matou marilyn?"
recomendo.
excelente escolha de imagens, graça

sleeping beauty disse...

Marilyn morreu sem nunca ter sido feliz. Era uma mulher inteligente. vivia entre estados eufóricos e depressivos. Era uma Bipolar.
Filha de uma mãe psicótica que terminou os seus dias num hospital psiquiátrico.
Marilyn tentou, enquanto viva, fugir a um registo genético que a traiu.
Ficará para sempre o mito da mulher-criança, ingénua e de uma beleza fulgurante. Ninguém pode substituir a Marilyn. É ÚNICA.
João, obrigada pelo teu comentário.