terça-feira, 16 de setembro de 2008


2 comentários:

[A] disse...

Como não lembrar a Michelle Pheiffer n´A Mulher Falcão? Ou Os Pássaros de Hitchcock algures também por lá?

Há tanta coisa que fica por dizer quando se aborda um tema...o mais interessante pode ser o subentendido, as entrelinhas... de qualquer forma a publicação no blog funciona para mim muitas vezes como um exercício de depuração, de "auto-domínio"- da amálgama de imagens e palavras que se consegue reunir perceber o essencial para que determinada mensagem funcione. É curioso também perceber como, quando e quem reaje a determinados estímulos.

sleeping beauty disse...

E também as mulheres pássaro do surrealista Max Ernst. A arte já abordou estes mundos tanto no Surrealismo, Simbolismo, Romantismo e pré-Rafaelitas. São temas inesgotáveis. Interessante é observar a imagem do tema em função da época. No caso da moda, no séc.XX,o grafismo depurado e mediático tem um efeito fantástico. O cinema sempre revelou o seu fascínio pelas mulheres envolvidas em plumagem. Simbolicamente representam uma liberdade que as mulheres têm vindo a conquistar com persistência e dificuldade. Porque a possibilidade de voar, fugir, sair de uma situação, atacar de surpresa, foi sempre apanágio do homem.
Obrigada Ana.