segunda-feira, 23 de março de 2009

Ainda recordações de uma noite memorável

Uma preciosidade interpretada pelo COLECTIVO SILÊNCIO DA GAVETA

Poema de ISABEL DE SÁ - O PÓ NEGRO DA CIDADE

Diseur - JOÃO RIOS

2 comentários:

barbedo disse...

Apesar da noite parecer azul, aqui está uma excelente interpretação do poema da Isabel de Sá.

sleeping beauty disse...

Barbedo
Obrigada pela observação.