sábado, 8 de janeiro de 2011

CLARICE LISPECTOR

"Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. ...Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: Quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida."

2 comentários:

Hugo Nofx disse...

"O amor é fome de outra vida, desejo de transitar. Quando dois amantes se abraçam e beijam, entredevoram-se, morrem um no outro, de algum modo, e transitam para um novo ser. A vida não pode ficar em nós, a repetir-se, que repetir é estar parado, é ocupar o mesmo lugar." Teixeira de Pascoaes

sleeping beauty disse...

muito bem Hugo...
Gostei de reler o Teixeira de Pasoaes.
Obrigada